E se…

E se você não estivesse aqui agora, lendo este post? E se você não tivesse feito aquela burrada que você fez outro dia perto de fulaninha? E se… E se… E se…

Já parou pensar quem você seria se não fosse você?

Tenho um grupo de amigos muito heterogêneo. Cada um vem de um lugar, com uma história bem diferente da do outro, uma família diferente, amigos diferentes. Sim, porque em um grupo de amigos, cada pessoa é a chave para outro grupo de amigos diferente! E, se pararmos para pensar, todo o mundo (sim, o mundo todo) se conhece. No fundo é tudo uma coisa só.

E essa semana estava lendo em algum lugar (não me lembro onde), que nós somos o resultado das escolhas que fazemos, das besteiras que fazemos, dos sorrisos que demos, dos amigos que fizemos… Porque, veja bem: Começamos nossa vida em casa, onde aprendemos a ser parecidos com nossos pais e irmãos, eles são nosso espelho, é deles que copiamos as manias, os defeitos, as qualidades. Um pouco depois vamos à creche, onde convivemos com um mixto de adultos e crianças, todos com histórias diferentes, que também ajudam na formação de nossa pessoa no geral (fisica e mentalmente). Mais tarde colégio, academia, igreja, amigos de barzinho, vizinhos, e um monte de outras pessoas, as quais, queiramos ou não, acabamos ficando parecidos. E juntando um pouquinho de cada coisa, formamos nossa pessoa.

Com certeza seu pai já te disse: “Meu filho, me diz com quem andas e te direi quem és.”

Lamento te decepcionar, mas sim, ele estava certo. (Aliás, eles quase sempre estão certos, mas a gente demora a perceber isso.) É. Somos as pessoas com quem andamos, somos um misto das atitudes e pensamentos deles.

Cada situação e cada momento que você já viveu, faz de você o que você é hoje. E se a gente for parar pra reparar, cada pessoa tem uma história diferente e existem muitas histórias lindas por aí.

As escolhas fazem de nós o que nós somos.”

Pode acreditar, isso é verdade, você é assim porque no passado você escolheu estudar naquele colégio, fazer amizade com aquela pessoa, sair naquele dia… Enfim, devemos pensar muito bem nas escolhas que fazemos.

Anúncios

Uma opinião sobre “E se…

  1. Jah dizia Roberto Justus: “devemos objetivar metas…”

    Planeje uma (e somente uma…) meta por dia… Cumprindo-a, dedique tempo para fazer tudo aquilo que gosta e um pokinho dakilo q naum gosta tmb… rsrs

    E assino embaixo desse texto da moça q escreveu aki em cima… rsrs

    Bjs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s