Além do que se vê

Já parou pra pensar porque muitas pessoas se suicidam no mundo a cada instante? Não? Então pense. Pense agora. Pare tudo o que estiver fazendo e comece a pensar nas pessoas que por algum motivo não querem mais ficar aqui neste planeta, que querem simplesmente fugir do caos que existe aqui.

O que a gente enxerga é o fato de alguém ter suicidado-se. O que a gente não vê é o porquê. Vamos a um exemplo menos trágico: a depressão.

Depressão não é um momento de tristeza, é um estado de espírito em que a pessoa que entra, permanece por um bom tempo. Além disso, é uma doença. E se não for curada, pode levar à morte.

Uma pessoa que fica depressiva pode ser facilmente reconhecida por passar a maior parte do seu tempo (seus dias) triste, cabisbaixo, por não encontrar prazer em atividades que antes gostava de fazer. É alguém que se culpa pelos problemas dos outros, tem movimentos mais lentos, entre outras características. Para saber se uma pessoa está deprimida, é preciso verificar se ela se encontra neste estado há pelo menos duas semanas.

Lembra do começo do texto? Do suicídio? Então, é isso o que passa pela cabeça da maior parte das pessoas deprimidas. Elas por não encontrarem mais prazer em nenhuma tarefa, acabam desistindo da própria vida e às vezes se sentem até um estorvo para as pessoas que estão ao seu redor.

E, a doença acontece geralmente nas pessoas mais vulneráveis, que demoram a se recuperar de perdas de pessoas muito próximas, mudanças contra a vontade, trauma sofrido na infância, entre outros muitos fatores.

Seus sintomas centrais são:

  1. Perda de energia ou interesse;
  2. Humor deprimido;
  3. Dificuldade de concentração;
  4. Alterações do apetite e do sono;
  5. Lentificação das atividades físicas e mentais;
  6. Sentimento de pesar ou fracasso.

E outros sintomas que podem vir associados aos sintomas centrais são:

  1. Pessimismo;
  2. Dificuldade de tomar decisões;
  3. Dificuldade para começar a fazer suas tarefas;
  4. Irritabilidade ou impaciência;
  5. Inquietação;
  6. Achar que não vale a pena viver; desejo de morrer;
  7. Chorar à-toa;
  8. Dificuldade para chorar;
  9. Sensação de que nunca vai melhorar, desesperança;
  10. Dificuldade de terminar as coisas que começou;
  11. Sentimento de pena de si mesmo;
  12. Persistência de pensamentos negativos;
  13. Queixas freqüentes;
  14. Sentimentos de culpa injustificáveis;
  15. Boca ressecada, constipação, perda de peso e apetite, insônia, perda do desejo sexual.

 

A melhor forma de ajudar alguém que está em depressão é não abandonando a pessoa, estando sempre disposta (de verdade) a fazer tudo o que ela precisar, conversando, levando pra sair, fazendo a pessoa se divertir por si própria (não precisa contar piadas)…

Essa doença pode conduzir não só a morte quanto a outras doenças anda mais graves como problemas mentais. Mas lembre-se: tem cura. E você não pode querer curar a pessoa, ela tem que desejar se curar e o que você pode fazer é permanecer ao lado dela, sempre.

E mais. Tire pelo menos trinta minutos do seu dia para ouvir música ou fazer algo que você goste. Não se preocupe com mais nada, não pense em nada. Simplesmente esvazie sua mente, não deixe que pensamentos fluam. Ao contrário do que se pensa, isto não é meditação. É uma forma de você acalmar sua mente para organizar as idéias melhor, e sendo assim, você vai conseguir fazer tudo com mais calma, menos estresse e assim você evita muitas coisas, não só a depressão. Evita tristeza, falta de tempo, cansaço mental (que é uma m%6#*!), falta de interesse em si próprio, etc, etc, etc…

Anúncios

Uma opinião sobre “Além do que se vê

  1. Boa!! Partiu do “Conjunto Universo” e depois tratou dos “elementos menores” voltando ao “Conjunto Universo”!!!!!!! “)

    Contar piadas é legal… 😄

    Aham… Roubando os conselhos de alguém, né?!?! tsc, tsc… coisa feia!!!!! rsrsrsrs

    Literalmente: “esvazie o cerébro para ouvir a si mesmo e entender o que VOCÊ deseja e não o que os OUTROS desejam de você…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s