Férias x Cotidiano

Férias de julho. Um espaço curto de tempo. Duas semanas, para ser exata. Mas tempo pode ser extendido ou encurtado conforme a necessidade ou as coisas que acontecem sem a nossa permissão. Janeiro a julho é correria. Não que julho até  dezembro não seja, mas não estou tratando do segundo semestre que ainda está por vir, e sim do primeiro, aquele que passou bem depressinha.

Mode Férias [On] Mode Cotidiano [Off]

Bem no começo das férias eu estava com uma listinha pronta. Havia de tudo na minha lista, desde coisas que se faz nas férias (tipo arrumar o armário) até tarefas atrasadas de colégio (que a gente se sempre se ilude pensando que vai fazer). Enfim, a prioridade era descansar e me organizar. Eu realmente achei que fosse passar as duas semanas em casa meditando descansando.

Mas como eu acabei de dizer, até quando você planeja ficar em casa dormindo, nem tudo sai como planejado. Eu achava que ia passar duas semanas entediantes em casa, como todas as férias de julho deveriam ser.

Não, não aconteceu nada de magnífico nem de magestoso que mudasse minha vida nestas duas semanas, mas os planos de ficar em casa descansando, estes não se concretizaram. Descansei sim, mas não tanto.

Resumão da obra: Revi minha amiga dos velhos tempos (velha amiga, amiga velha: Biazinha), saímos, nos divertimos, colocamos as fofocas em dia, pegamos um sol. Passei a praticamente morar na casa do meu amigo de infância, que eu não visitava há séculos, virei cu e carça com a irmãzinha dele, com a qual saí, me diverti, me aborreci, e essas coisas que todo mundo faz com uma amiguinha. Aconteceu um surto de H1N1 que ninguém imaginava que fosse se alastrar tão depressa pelo Brasil, quanto menos pelo Rio de Janeiro e por isso ganhei mais duas semanas de férias, que não foram tão mal aproveitadas. Meu titio da roça veio finalmente no auge dos seus 60 e tantos anos conhecer o Rio. Ele não achou a praia tão divertida quanto eu acho, mas enfim, primeira vez nem sempre é como a gente sonhava, né? Descobri que até hoje existem cadidatos a ditador, daqueles que acham que só o que conserta o Brasil é trazer de volta a lei do olho por olho, dente por dente. Se isso funciona ou não, não é discussão para hoje. Só o que você precisa saber, é que não é necessário que aconteça nada de grandioso para você crescer e aprender em duas semanas (ou apenas se divertir com um amigo meio pancada das idéias). Tirei fotos, me distraí e prá ser bem sincera, fui MUITO FELIZ neste mês de férias. E muitas coisas estão acontecendo no mundo enquanto eu aqui no meu mundinho me divirto com as coisas pequenas. Foi um mês inteiro de férias assistindo Disney Channel e totalmente alienada para o que acontecia bem no outro canal. Aliás, nos outros dois canais: Globo e Record.

Ontem, eu finalmente decidi assistir ao fantástico, que eu adoro. Papai pelo visto não queria o mesmo. E, como ele tem o monopólio do controle remoto, fui obrigada a assistir uma reportagem na Rede Record atacando abertamente a Rede Globo. Fiquei chocada não com as notícias que obviamente atacavam a Rede Globo, que aliás eram notícias nem um pouco desconhecidas pela minha pessoa. E sim, pelo ataque direto que a Rede Record fazia: sem rodeios. Neste momento, papai falou: “Record tá rebatendo por causa da acusação ao Bispo Macedo.” Até aí eu não tinha ligado os pontos, mas neste momento ficou claro: Desde sempre, há especulações sobre a igreja Universal e seu fundador, Bispo Edir Macedo. Porém até hoje, não tinha ganhado mídia. Talvez a Globo não tivesse provas concretas para noticiar tamanha acusação perigosa. Talvez a Record não fosse uma ‘pedra no sapato’ tanto como é agora.

Ao que parece, nos ultimos anos (ou nos últimos meses) a Record tem aumentado sua audiência de uma forma considerável, e isso pode sim ter vindo a incomodar a majestosa Rede Globo, que veio a fazer a tal reportagem que acusa Edir Macedo.  No entanto, como já era de se esperar, a Record revidou de uma forma um pouco apelativa às acusações ao dono da Rede Record.

Eu não quero acusar nem defender niguém, até porque, sou mera expectadora, como o resto do Brasil, e impotente diante dos fatos. Fiquei chocada apenas por ver um confronto assim tão direto, tão aberto, tão explícito. Não que eu defenda a Rede Globo, mas achei hipócrita uma entrevista feita ao dono de Rede Record, o Bispo Edir Macedo, por uma jornalista da própria Rede Record.

A guerra foi travada, e eu quero ver até que ponto as duas emissoras são capazes de chegar. Definitivamente estão as duas descendo do salto.

Amanhã termina meu perído de férias, de descanso, ou seja lá o que for. A partir de amanhã volto ao meu cotidiano, minha vidinha corrida, meu sufoco. E, como eu já disse, muita coisa aconteceu no meu mundinho e no nosso mundão. Já não sou hoje como eu era ontem, nem como eu era mês passado.

E, para finalizar os ocorridos nas férias, lá se foi meu ditador, meu elefante bailarinho, minha amizade de msn. A vida prega umas peças na gente de vez em quando, só prá gente não esquecer que está vivo. Quando eu começo a me apegar a alguma amizade muito legal, o destino se encarrega de levar essa pessoa prá longe… Isso deve ser prá testar nossa amizade, saber se vai durar mesmo à distância. Fato é que algumas das pessoas que mais gosto nessa vidinha estão agora longe. Mas eu sei que a amizade vai permanecer sempre.

Mode Férias [Off] Mode Cotidiano [On]

Anúncios

2 opiniões sobre “Férias x Cotidiano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s