Que dia é hoje?

Hoje é o dia em que eu ia fazer um post pra responder a pergunta da Raíra (De onde você tira inspiração, Nath?). Mas não o fiz. Hoje é dia 14 de setembro de 2009. Hoje muitas pessoas estão nascendo, outras tantas morrendo, fazendo aniversário, gente decepcionada, gente saindo prá conhecer gente (mesmo com essa chuva que está caindo ininterruptamente). Hoje, alguém aceitou um pedido de casamento, alguém terminou com o namorado, alguém fez a maior burrada da vida.

Por que será que estas coisas me vieram na cabeça exatamente na hora que sentei no computador disposta a postar a resposta da Raíra? Hoje, alguém está lendo este blog na mesma hora que você (ou não) e vai perceber que o tempo está passando. E depressa demais até. Ano passado, eu comecei um colégio novo, uma vida totalmente diferente do que era antes. Desde lá, muitas coisas mudaram. Conheci as pessoas que fazem parte da minha vida até hoje e com certeza ficarão nela até eu ficar bem velhinha. Me despedi de alguns, enturmei outros. E você me pergunta: “E daí? Pra quê eu quero saber disso?”

Sabe, há um ano atrás, exatamente um ano atrás, eu tinha feito uma das piores burradas da minha vida. Provavelmente na presente data do ano anterior, eu estivesse a essa hora no meu quarto, chorando, me perguntando porque as coisas sempre davam errado para mim. Porque eu não conseguia tomar as atitudes certas e simplesmente me deixava levar por qualquer idiota pessoa. Eu simplesmene tinha medo. Medo de não ser aceita, medo de não ser querida, medo de não fazer parte daquela rodinha de amigos, de não poder falar mais com aquelas pessoas. E hoje eu posso assumir que tinha medo. Hoje eu sou capaz de aceitar algumas verdades. E acho realmente que o passo mais difícil para superar uma decepção é aceitar a verdade. Mas a partir do momento que você consegue falar daquilo sem chorar, você já está fortalecido. A partir do momento que você consegue contar a história, você está pronto para outra. Porque a vida é assim: quando você acha que já passou por tudo e agora é capaz de enfrentar qualquer coisa, aparecem problemas totalmente peculiares, que te mostram que você nunca saiu do lugar, você está sempre começando. Mas a gente nuca pode é ficar parado.

Se eu tivesse parado lá, naquele 14 de setembro de 2008, eu não teria um blog, não estaria escrevendo nele e você não estaria lendo esta merda aqui este post.

É, você já deve ter percebido que hoje bateu nostalgia, né? Hoje dormi praticamente em todas as minhas aulas e nem vi o tempo fechar. Fui liberada mais cedo e, consequentemente, fui mais cedo prá dança. Quando cheguei lá, não tinha quase ninguém, as luzes apagadas e a única coisa que eu podia ver era o céu. Lindo. As nuvens pesadas, o vento frio batendo no rosto, uns raios de um possivel sol de fim de tarde escondidinhos atrás das nuvens e muitas, muitas e muitas lembranças. Aquele era o lugar que eu frequentava com a minha Miroca, nos meus tempos de *garota*. Lembrei das pessoas que conhecia, das que eu conheço, do que nunca aconteceu, do namorado que eu nunca tive. Pensei em nada, pensei em tanta coisa. Sabe, isso aí é que é nostalgia das boas. Talvez você entenda e sinta um pouquinho do que eu senti hoje, mas sentimento é sentimento: cada um faz o seu, depende de várias situações da vida de cada um. E, naquela hoje, eu estava realmente feliz, mas, mesmo assim, precisava de um abraço. Talvez eu ainda precise desse abraço. Baita nostalgia.

Anúncios

Uma opinião sobre “Que dia é hoje?

  1. Momento “monge budista” esse, hein… rsrsrs

    Parou, olhou o ceu e refletiu…

    + eh bom parar, olhar, analisar e ver onde pode mudar. Mostra o quanto vc amadureceu, apodreceu e pode se consertar…

    Sempre visando dias melhores e nunca fixando que “esse foi o melhor dia da minha vida”… Sempre será o próximo!

    Bjaum!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s