‘E aí, vida que segue’

Eu tive um professor que passava a metade da aula falando esta frase. Porque debatíamos sobre os problemas ambientas do Rio de Janeiro. Mas, ao mesmo tempo em que sua disciplina versava sobre a proteção do meio ambiente, ele era (e ainda é) Engenheiro Civil (e não Engenheiro Ambiental) e trabalhava projetando obras para a prefeitura. Contraditório? “Vida que segue”.

Ao mesmo tempo em que nos preocupamos questões nobres em algumas áreas da vida, em outras nós largamos mão de tais questões. E aí, vida que segue.

E a vida segue seguindo e não para. O cotidiano nos invade o tempo inteiro com seus vistos e imprevistos. Temos que dar conta do trabalho do emprego, do trabalho da faculdade, do trabalho do curso e ainda precisamos reservar um tempo para os amigos, que jamais vão entender o ritmo de vida que temos. E a gente consegue. Ainda arranja tempo para aprender edição de som e imagem e para tocar um blog. Namorar é para os fracos!

Em novo formato

Não como as revistas, que mudam completamente o estilo (de texto e layout). Até porque eu falo sobre a vida, mas vira e mexe enfio no meio disso tudo um texto sobre ergonomia, ou coisa assim. Coisa técnica, que não tem nada a ver. Mas esse é um blog para o nada a ver também. Não mudei o formato dos textos porque eles já seguem linhas diferentes. Mas, talvez por causa da experiência que estou tendo de escrever mais textos jornalísticos, você perceba algumas mudanças sutis também na forma da escrita.

Aqui eu trato de qualquer assunto. Se amanhã eu acordar com vontade de falar de moda, falarei. Apesar de que dificilmente isso irá acontecer. Eu prefiro deixar este assunto para os mais experientes.

Mudei o background do blog. É uma experimentação. Acabei fazendo no facebook um link para a página, então por enquanto o estilo será esse mesmo. Até porque o link que fiz no facebook tem a ver com o background. Quem já viu, sabe. Achei que tem a minha cara e espero que você também se identifique, seja você menino, menina, menina que é menino ou vice-versa. Mas você sempre terá a opção de não gostar. Nesse caso, escreve um comentário aqui em baixo que a gente negocia isso.

A minha tristeza foi não ter conseguido incluir o espaço para pesquisa dentro do blog, nem as RSSs que ficavam ali no cantinho, na direita. Mas eles estão no fim da página, láaaa em baixo. Se você clicar em “End” no seu teclado, você vai direto neles.

Clique “End” e veja os outros recursos da página

No mais, continue acompanhando o blog, porque você é a razão de viver dele. E não se esqueça: A vida segue, não perca tempo. Se você tem um projeto, comece hoje e trabalhe para que se concretize. Não há nada melhor. Este blog é um dos meus melhores projetos. E o único que comecei faz tempo e dei continuidade. Porque eu amo isso tudo aqui!

capa facebook

Minha atual foto de capa no facebook, com link para o blog

Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado.
É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue.

Clarice Lispector

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s